Novo analgésico pode ajudar a combater o abuso de opioides

No estudo, o composto sintético - conhecido como UKH-1114 - foi considerado eficaz no alívio da dor neuropática em ratos feridos. Foi tão eficaz quanto uma droga amplamente usada para o alívio da dor chamada gabapentina.

analgésicos, analgésicosO novo analgésico se liga a um receptor nas células de todo o sistema nervoso central, denominado receptor sigma 2. (Fonte: Arquivo de Foto)

Os cientistas descobriram um analgésico poderoso que é eficaz no alívio da dor neuropática, uma descoberta que pode ser fundamental para lidar com a epidemia de abuso de opióides, um dos maiores desafios de saúde pública hoje.



No estudo, o composto sintético - conhecido como UKH-1114 - foi considerado eficaz no alívio da dor neuropática em ratos feridos. Foi tão eficaz quanto uma droga amplamente usada para o alívio da dor chamada gabapentina.

O novo analgésico se liga a um receptor nas células de todo o sistema nervoso central, denominado receptor sigma 2.



A administração de UKH-1114 em camundongos com lesão nervosa mostrou redução da dor, mas em uma dose muito menor do que a gabapentina (um sexto) e foi eficaz por muito mais tempo (durando alguns dias, em comparação com quatro a seis horas).

aranha com corpo branco redondo



Isso abre a porta para um novo tratamento para a dor neuropática que não seja um opióide, disse Stephen Martin, professor da Universidade do Texas em Austin.

E isso tem implicações enormes, acrescentou Martin, no artigo publicado na revista ACS Chemical Neuroscience.

aranha bronzeada com abdômen grande

Se a droga for comprovada como segura, eficaz e não viciante em humanos, a descoberta pode ser fundamental para lidar com a epidemia de abuso de opióides, disseram os pesquisadores.



De acordo com o Instituto Nacional de Abuso de Drogas, quase dois milhões de pessoas nos EUA sofrem com o vício em analgésicos opioides prescritos.

Os opioides também freqüentemente requerem dosagem aumentada para manter a eficácia.

Alternativas aos opióides têm suas próprias desvantagens - por exemplo, gabapentina (vendida como Neurontin) pode causar prejuízo cognitivo em certos indivíduos, disseram os pesquisadores.

como é chamada uma aranha branca



A dor neuropática, ou dor crônica, é causada quando os nervos do sistema nervoso central são danificados. Entre outras coisas, pode resultar de quimioterapia, diabetes e lesões no cérebro ou na medula espinhal.

O artigo acima é apenas para fins informativos e não se destina a substituir o conselho médico profissional. Sempre procure a orientação de seu médico ou outro profissional de saúde qualificado para qualquer dúvida que possa ter sobre sua saúde ou condição médica.