Meu pai de 70 anos se juntou ao Tinder

Nos meses seguintes, conforme as restrições à pandemia diminuíram e as vacinas foram lançadas, meu pai começou a se encontrar com algumas pessoas para beber ou jantar. Agora, quando ele vem nos visitar, percorremos os aplicativos juntos e ele me conta sobre seus encontros

namoro virtual no Tinder, namoro aos 70 no Tinder, aplicativos de namoro online, namoro online do New York Times, encontrar um encontro online, indianexpress.comO que parecia um cenário de pesadelo acabou sendo uma nova maneira de criar laços. (Marc Rosenthal / The New York Times)

Escrito por Dina Gachman



Até recentemente, se você tivesse me perguntado sobre a perspectiva de meu pai se casar novamente, minha resposta teria beirado o assassino. Eu nunca o vi como um cara que namorava, muito menos um cara que namorava online. Mas então minha mãe morreu no outono de 2018 e lá estava ele, sozinho. Sozinho e, eventualmente, emTinder.

Meus pais eram namorados no ensino médio no Texas, que se casaram aos 19 anos, em 1970. O relacionamento deles estabeleceu um alto padrão para mim e minhas irmãs. Meu pai sempre foi visto como um homem de uma mulher só, dedicado à minha mãe. Eu coloquei ele, e seu amor, em um pedestal. Então, quando minha irmã mais nova, Kathryn, me ligou em pânico no outono passado para me dizer que nosso pai de 70 anos havia confessado que estava no Tinder, aquele pedestal desabou.



Não é justo esperar que um pai viva uma vida monástica depois de perder um parceiro, mas como alguém que enfrentou as trincheiras de namoro online de Los Angeles no passado, eu sabia que meu pai estava em apuros. Ele estava em Houston, não em Los Angeles, e era um homem adulto que sabia cuidar de si mesmo, mas eu tinha ouvido histórias sobre pessoas mais velhas sendo pescadas ou enganadas, e meu pai não tinha um encontro desde 1969, com minha mãe. Ele agora era um doce avô que nem sabia o que era pesca-gato e escolheu o aplicativo Tinder porque achava que era o que todos usavam. Ele era o alvo principal.



Eu não estava preparado para nada disso. Achei que isso poderia acontecer um dia, já que meu pai é jovem de coração e social. Ainda assim, quando Kathryn deu a notícia sobre sua confissão, eu deixei escapar: Se papai encontrar alguém no Tinder, espero que mamãe se case com Paul Newman no céu!

Ela sempre amou Paul Newman.

Se minha resposta parecer irracional, nossa irmã do meio, Amy, fez uma promessa solene desde o início de nunca aceitar ninguém que nosso pai pudesse namorar, não importa o quão maravilhosa ela possa ser. O que motivou a promessa foi que, vários meses depois da morte de nossa mãe, um amigo da família nos abordou sobre arranjar uma mulher para nosso pai. Dissemos absolutamente que não, dizendo a esse amigo bem-intencionado, mas inoportuno, que ele não estava nem de longe pronto. Nem mesmo tocamos na conversa com nosso pai.

todos os diferentes tipos de peixes



Não tenho certeza se ele teria dado esse passo tão cedo de qualquer maneira. Na época, não acho que estávamos prontos para descobrir. Como Ajita Robinson, especialista em luto e trauma e autora de The Gift of Grief: A Practical Guide on Navigating Grief and Loss, me disse: Um pai começando a encontro mais uma vez, pode desencadear o luto entre os filhos e outros membros da família. Freqüentemente, os filhos, mesmo os filhos adultos, temem que o pai falecido esteja sendo substituído no sistema familiar.

Dois anos se passaram após a promessa de Amy. Minhas irmãs e eu tínhamos nossos cônjuges e filhos para nos manter ocupados e nos ajudar a lidar com nossa dor, mas nosso pai estava sozinho, assistindo a filmes do velho John Wayne com seu gato de 16 anos e tendo uma quantidade chocante de T dos netos. - jogos de bola para passar o tempo.

Estou convencido de que meu avô paterno viveu 95 anos saudáveis ​​e robustos porque, depois que minha avó morreu, ele acabou se casando novamente. Ele tinha um companheiro, alguém que amava e que o fazia não apenas rir, mas rir como uma criança. Eu tinha ouvido as estatísticas sobre solidão e longevidade, apontando para o fato de que ter um companheiro mais tarde na vida pode ajudar as pessoas, e os homens especificamente, a viver mais.



Eu não queria ouvir sobre meu pai cozinhando comida no micro-ondas sozinho todas as noites e recusando porque ele não tinha ninguém com quem ir ao cinema. Eu já tinha perdido uma mãe. Eu precisava que meu pai ficasse o máximo possível, e se sair para namorar e talvez até mesmo encontrar o amor pudesse melhorar essas chances, eu precisava apoiá-lo. Namorar podia não acrescentar anos à sua vida em um passe de mágica, mas pelo menos valia a pena tentar.

Eu lentamente comecei a aceitar a ideia de ele namorar, primeiro forçando-o a sair do Tinder desde os 70 (meu apoio inabalável tem limites). Ele me disse que navegar pelos aplicativos de namoro era uma forma de preencher o tempo. Por causa da pandemia, ele não jantou com amigos ou com seu grupo de luto pessoal. Ele sentia falta de nossa mãe, e navegar neste admirável mundo novo de namoro virtual era pelo menos divertido. Ele não sabia se iria se apaixonar ou se casar novamente, mas não se importaria de ter alguém para jantar ocasionalmente.

Apesar dos meus medos sobre ele ser pescado por um bot de biquíni, eu queria que ele fosse feliz. Então, numa sexta-feira à noite, quando ele veio me visitar no fim de semana, pedi que me mostrasse seu perfil.



Depois de uma rápida olhada, expliquei que ele precisava de mais de uma foto para que as pessoas soubessem que ele tinha família e amigos, e que ele não era um assassino em série solitário. Ele disse que tinha medo de colocar fotos mostrando suas filhas ou netos porque e se alguém sequestrar um de vocês? Garanti a ele que as chances de seus netos serem presos para resgate por causa de uma foto bonita em um aplicativo de namoro eram baixas, embora eu não tivesse estatísticas para comprovar essa afirmação.

Então ele me disse a coisa mais triste de todas.

Ele presumiu que minhas irmãs e eu ficaríamos zangados se ele nos pedisse para tirar uma foto de perfil para ele, então pediu ao cara que era dono de sua lavanderia a seco nas proximidades para fazer isso.

Eu não disse a ele que era para o meu perfil de namoro, ele disse.

Imaginei meu pai parado na lavanderia, tirando uma foto e sentindo vergonha do motivo. Isso fez meu coração doer. De todos os lugares ridículos para tirar uma foto para um aplicativo de namoro, você não pode ficar muito pior do que a sua lavanderia a seco local.

Nos meses seguintes, conforme as restrições à pandemia diminuíram e as vacinas foram lançadas, meu pai começou a se encontrar com algumas pessoas para beber ou jantar. Agora, quando ele vem nos visitar, percorremos os aplicativos juntos e ele me conta sobre seus encontros. Eu explico o que é fantasma e que é algo que ele definitivamente não deve fazer. Ele compara a maioria das mulheres à minha mãe, que era linda e hilária e difícil de seguir. Cada vez que nos engajamos nesse novo ritual juntos, um ritual que nenhum de nós pediu, rimos, ficamos tristes e rolamos mais um pouco. Minha mãe está em nossas mentes durante tudo isso.

Provavelmente, ele não encontrará alguém exatamente como ela. Talvez ele encontre alguém gentil, no entanto. Alguém que pode tolerar sua maratona de filmes de John Wayne ou seu atraso eterno. Ela não será nossa mãe e não será perfeita, mas espero que talvez, possivelmente, ela seja alguém que eu gostaria de conhecer.

Este artigo foi publicado originalmente no The New York Times.