Em sua 11ª edição, a India Art Fair terá como foco a arte do Sul da Ásia e a educação de jovens colecionadores

Em sua 11ª edição, a feira de quatro dias terá a participação de 75 expositores de todo o mundo. Embora a mostra incluirá trabalhos de grandes nomes internacionais, como o artista chinês Ai Weiwei, o artista islandês-dinamarquês Olafur Eliasson e o fotógrafo vencedor do Prêmio Turner Wolfgang Tillmans, o foco será na arte da região.

India Art Fair, India art fair 2019, art fair, art fair 2019, art fair Okhla, Jagdip jagpal Iaf, iaf 2019, iaf okhla, indian express, últimas notíciasNa última edição da feira, artistas experimentaram diversos meios

Várias preocupações foram levantadas em relação ao futuro da Feira de Arte da Índia quando, em novembro, o Grupo MCH, com participação majoritária na feira, anunciou sua intenção de vender sua participação, mas meses depois uma visita ao Centro de Exposições NSIC em Okhla, onde a feira terá início no dia 31 de janeiro, apresenta um quadro tranquilizador. Tenho conseguido executar muitas ideias e programas, afirma Jagdip Jagpal, diretor da feira. Assumindo o manto da diretora fundadora da feira, Neha Kirpal, poucos meses antes da última edição, desta vez a Jagpal teve o ano inteiro para trabalhar no evento.



Em sua 11ª edição, a feira de quatro dias terá a participação de 75 expositores de todo o mundo. Enquanto a mostra incluirá trabalhos de grandes nomes internacionais, como o artista chinês Ai Weiwei, o artista islandês-dinamarquês Olafur Eliasson e o fotógrafo vencedor do Prêmio Turner Wolfgang Tillmans, o foco será na arte da região.

India Art Fair, India art fair 2019, art fair, art fair 2019, art fair Okhla, Jagdip jagpal Iaf, iaf 2019, iaf okhla, indian express, últimas notíciasOnda de carbono de Shanthamani Muddaiah

Acho que a feira deve representar o melhor da arte do sul da Ásia e deve ser acessível a todos. O objetivo é encorajar públicos mais novos e oferecer um nível de engajamento. Queremos que as pessoas conheçam artistas e conheçam seu trabalho, independentemente de poderem comprá-los, diz Jagpal. Estarão presentes galerias indianas previsíveis e proeminentes, como Chatterjee & Lal, Chemould Prescott Road, Nature Morte e Gallery Espace. As galerias internacionais que retornaram incluem David Zwirner (Reino Unido, Nova York, Hong Kong), Sabrina Amrani (Madrid), Aicon Gallery (Nova York) e Arario Gallery (Seul, Xangai). Também veremos estreantes como neugerriemschneider (Berlim) e Sokyo Gallery (Kyoto). Incentivamos os galeristas a trazerem pelo menos um artista que não tenha exposto na feira antes, diz Jagpal.



A curadora convidada Sitara Chowfla foi convidada para gerir o segmento do Fórum, que terá performances e sessões interativas com artistas. Ela tem um grande conhecimento da arte para o público. Todos os anos, teremos um curador convidado, afirma Jagpal. Esta edição verá a performance de seis horas do artista de Bangladesh Yasmin Jahan Nupur desafiando os limites e fronteiras invisíveis que regulam a interação humana. Em sua performance, Sajan Mani continuará seu poderoso comentário sobre as condições sociopolíticas da sociedade indiana e Sahej Rahal apresentará uma performance em que se inspirará nos mundos da ficção científica, fantasia e videogame. A palestra-performance de Mithu Sen irá questionar a própria ideia de uma conversa encenada. As pessoas verão uma grande variedade de formas de arte. Temos mantido os artistas no centro das coisas: sejam palestras, masterclasses ou eventos de autógrafos, diz Jagpal.

India Art Fair, India art fair 2019, art fair, art fair 2019, art fair Okhla, Jagdip jagpal Iaf, iaf 2019, iaf okhla, indian express, últimas notíciasJulian de Elizebeth Peyton



Algumas das personalidades da arte mais ilustres da Índia estarão caminhando pelos corredores da feira, mas por meio de sessões formais será feita uma tentativa de apresentá-los aos telespectadores. Para os amantes da leitura, Sudarshan Shetty lançará um catálogo em 31 de janeiro. O fotógrafo americano Thomas Laird apresentará seu livro ilustrado Murals of Tibet, e o artista Jitish Kallat discutirá sua prática multimídia com Adam Szymczyk, curador da Documenta 14. Artista Gulammohammed Sheikh estará em conversa com a historiadora da arte Kavita Singh sobre sua biografia que estuda mais de cinco décadas de sua prática. Os artistas Tayeba Begum Lipi, Idris Khan e Hardeep Pandhal discutirão sua própria prática em sessões individuais.

Há também um foco evidente na educação artística e na orientação de jovens colecionadores. Serão realizadas master classes de coleta e, como parte da seção do Fórum, Mitchell Crites, colecionador e patrocinador do artista Gond Jangarh Singh Shyam, fará uma palestra sobre a construção de uma coleção de arte tribal. O patrono da arte de Nova York, Kent Charugundla, apresentará a jornada de construção de uma coleção particular de obras de MF Husain, e outra palestra discutirá o comissionamento, exibição, coleta e arquivamento de arte digital.

Dando as boas-vindas aos telespectadores, haverá uma fachada desenhada por The Big Fat Minimallist (Aniruddh Mehta), e fora dos estandes eles encontrarão 12 projetos de arte espalhados pelo local da feira. As instalações interativas em grande escala, esculturas e obras de vídeo incluem a instalação de som Change Room do artista autodidata Baaraan Ijlal, uma experiência imersiva do arquiteto Pinakin Patel e um projeto de vídeo de KM Madhusudhanan. A Gallery Ske abrirá uma loja conceito que oferecerá esculturas e produtos desenhados por artistas.

pequenos arbustos perenes para o sol



Precisa de ajuda para navegar na feira? Inscreva-se para um passeio com curadoria entre os vários passeios temáticos que decorrerão ao longo da feira.

A feira acontecerá no NSIC Exhibition Grounds de 31 de janeiro a 3 de fevereiro. Os ingressos estão disponíveis no Bookmyshow