Diário de dieta: para verificar a realidade da dieta, faça um diário alimentar

Um diário alimentar mostrará se você inclui todos os grupos de alimentos em quantidades adequadas, a variedade de alimentos que consome, a quantidade de açúcar e alimentos indesejáveis ​​e a frequência de ingestão.

Dieta, saúde, condicionamento físico, dicas de dietaNão se surpreenda se seu diário alimentar revelar que você está comendo muitas gorduras e poucas frutas, vegetais e grãos. Lembre-se de que o diário alimentar é uma ferramenta para ajudá-lo. (Fonte: Thinkstock Images)

A maioria de nós vive de acordo com crenças e percepções de 'o que comemos'. A maioria das pessoas obesas sente que quase não come. Muitos relatam comer apenas uma ou duas rotis o dia todo. Eles parecem avaliar toda a ingestão de alimentos por meio dessas contagens numéricas.

diferentes variedades de plantas de jade



Muitos se concentram no que não comem, ao invés do que fazem. Um grande grau de negação é aparente quando se trata da aceitação da ingestão de alimentos.

O primeiro passo para melhorar sua dieta é aumentar a consciência - o que você come, quando você come e quanto você come. Praticamente uma 'verificação da realidade', para a qual não há nada mais poderoso do que um diário alimentar. Uma ferramenta objetiva simples, que ajuda você a rastrear exatamente o que você come.



Em um estudo conduzido pela Harvard Medical School, os pesquisadores pediram às pessoas que fizeram dieta sem sucesso para rastrear o que comiam. As pessoas que faziam dieta então comeram exatamente o que haviam listado. Desta vez, todos perderam peso! Um indicador claro de nossas percepções subjetivas sobre 'o que comemos.'



Um diário alimentar mostrará se você inclui todos os grupos de alimentos em quantidades adequadas, a variedade de alimentos que consome, a quantidade de açúcar e alimentos indesejáveis ​​e a frequência de ingestão. Depois de completar sua lista de alimentos, você pode analisar os alimentos que listou, comparando-os com cinco recomendações para uma alimentação saudável.

Não se surpreenda se seu diário alimentar revelar que você está comendo muitas gorduras e poucas frutas, vegetais e grãos. Lembre-se de que o diário alimentar é uma ferramenta para ajudá-lo. Não o use para se sentir culpado por seus hábitos alimentares.

No entanto, a validade dos diários alimentares e autorrelatos é questionável para a pesquisa. Quando os pesquisadores verificaram a validade dos diários alimentares e autorrelatos, eles descobriram que as pessoas obesas relataram menos sua ingestão de energia em 20-50 por cento e pessoas magras relataram menos em 10-30 por cento.



Apesar dessa preocupação com a precisão, estudos mostram que manter um diário alimentar foi um melhor preditor de perda de peso do que o índice de massa corporal inicial, exercícios e idade. Anotar tudo o que você come é uma técnica poderosa. Informa de onde vêm as calorias e ajuda a desenvolver planos específicos para lidar com essas situações. Além disso, um diário alimentar ajuda a responsabilizar as pessoas que fazem dieta pelo que estão comendo.

Não é surpreendente, então, que um diário alimentar tenha considerável 'poder como um preditor de sucesso na obtenção de perda de peso'. Um estudo envolvendo 1.685 pessoas de meia-idade, ao longo de seis meses, descobriu que aqueles que mantinham esse diário perderam cerca de duas vezes mais peso do que aqueles que não o fizeram.

Um diário alimentar também ajuda em condições relacionadas à dieta, como alergias, síndrome do intestino irritável (SII) e durante a gravidez. Eles também podem ser usados ​​para identificar aqueles em risco de subnutrição e monitorar aqueles que recebem suporte nutricional.



Portanto, da próxima vez que você decidir melhorar sua dieta, comece pegando uma caneta e um papel. Funciona como aquele espelho na parede!

O artigo acima é apenas para fins informativos e não se destina a substituir o conselho médico profissional. Sempre procure a orientação de seu médico ou outro profissional de saúde qualificado para qualquer dúvida que possa ter sobre sua saúde ou condição médica.