Uma breve rajada de exercícios pode aumentar o poder do seu cérebro

Os alunos podem observar que se exercitar por um breve período antes de escrever um teste ou ir para uma entrevista pode melhorar o desempenho.

Os pesquisadores descobriram que apenas 10 minutos de exercícios podem preparar as partes do cérebro que nos ajudam a focar e resolver problemas. (Fonte: Arquivo de Foto)

Os alunos podem observar que se exercitar por um breve período antes de escrever um teste ou ir para uma entrevista pode melhorar o desempenho. Os pesquisadores descobriram que apenas 10 minutos de exercícios podem preparar as partes do cérebro que nos ajudam a focar e resolver problemas.



Algumas pessoas não podem se comprometer com um regime de exercícios de longo prazo por causa do tempo ou da capacidade física, disse o coautor do estudo Matthew Heath, professor da University of Western Ontario, no Canadá.

Este (estudo) mostra que as pessoas podem andar de bicicleta ou caminhar rapidamente por um curto período, mesmo uma vez, e encontrar benefícios imediatos, disse Heath.



As descobertas, publicadas na revista Neuropsychologia, têm implicações para pessoas mais velhas nos estágios iniciais da demência, que podem ter menos mobilidade, e para qualquer pessoa que queira obter uma vantagem mental rápida em seu trabalho.



Durante o estudo, os participantes da pesquisa sentaram e leram uma revista ou fizeram 10 minutos de exercícios moderados a vigorosos em uma bicicleta ergométrica.

onde encontrar nogueiras

Após a leitura e a sessão de exercícios, os pesquisadores usaram equipamentos de rastreamento ocular para examinar os tempos de reação dos participantes a uma tarefa de movimento ocular exigente cognitivamente.

identificação de lagarta preta e marrom

A tarefa foi projetada para desafiar áreas do cérebro responsáveis ​​pelas funções executivas, como tomada de decisão e inibição.



Aqueles que fizeram exercícios apresentaram melhora imediata. Suas respostas foram mais precisas e seus tempos de reação foram até 50 milissegundos mais curtos do que seus valores pré-exercício, disse Heath.

Isso pode parecer minúsculo, mas representou um ganho de 14% no desempenho cognitivo em alguns casos, explicou Heath, acrescentando que está conduzindo um estudo agora para determinar quanto tempo os benefícios podem durar após o exercício.

O artigo acima é apenas para fins informativos e não se destina a substituir o conselho médico profissional. Sempre procure a orientação de seu médico ou outro profissional de saúde qualificado para qualquer dúvida que possa ter sobre sua saúde ou condição médica.