Acabar com o estresse? O efeito placebo também pode curar seu coração partido

O placebo pode ter efeitos bastante fortes na redução da intensidade da dor social.

placebo, efeito placebo, placebo para coração, pausa cardíaca, separação, efeito placebo para coração, efeito placebo dor social, efeito placebo social, expresso indiano, notícias expressas indianasJovem mulher segurando um papel rasgado em forma de coração, close-up

Se você foi abandonado recentemente, fazer qualquer coisa que você acredita que o ajudará a se sentir melhor provavelmente oferecerá um toque de cura ao coração partido, dizem os pesquisadores.



Por décadas, pesquisas mostraram que placebos - tratamentos sham sem ingredientes ativos - podem aliviar de forma mensurável a dor, a doença de Parkinson e outras doenças físicas.

O novo estudo, publicado no Journal of Neuroscience, sugere que os tratamentos com placebo podem reduzir o estresse emocional causado pela rejeição romântica.



Romper com um parceiro é uma das experiências mais emocionalmente negativas que uma pessoa pode ter e pode ser um importante gatilho para o desenvolvimento de problemas psicológicos, disse a primeira autora Leonie Koban, da Universidade do Colorado, Boulder, nos Estados Unidos.



Essa dor social está associada a um risco 20 vezes maior de desenvolver depressão no próximo ano, acrescentou Koban.

Em nosso estudo, descobrimos que um placebo pode ter efeitos bastante fortes na redução da intensidade da dor social, disse Koban.

Para o estudo, os pesquisadores recrutaram 40 voluntários que tiveram uma separação romântica indesejada nos últimos seis meses.



No experimento, os participantes receberam um spray nasal. Metade deles foi informada de que era um analgésico poderoso e eficaz na redução da dor emocional. Metade foi informada de que era uma solução salina simples.

Os participantes, então, viram imagens de seus ex e eles também foram submetidos a dores físicas, mesmo enquanto os pesquisadores examinavam a atividade cerebral com imagens de ressonância magnética funcional (fMRI).

O grupo do placebo não apenas sentiu menos dor física e se sentiu melhor emocionalmente, mas seu cérebro respondeu de forma diferente quando mostrado ao ex.



A atividade no córtex pré-frontal dorsolateral do cérebro - uma área envolvida com emoções moduladoras - aumentou acentuadamente.

Em todo o cérebro, as áreas associadas à rejeição se acalmaram, mostrou o estudo.

A visão atual é que você tem expectativas positivas e elas influenciam a atividade em seu córtex pré-frontal, que por sua vez influencia os sistemas do mesencéfalo para gerar respostas neuroquímicas de opióides ou dopamina, disse o autor sênior do estudo Tor Wager, professor da Universidade do Colorado, Pedregulho.

como se livrar de pequenos insetos em plantas de casa



Apenas o fato de você estar fazendo algo por si mesmo e se engajar em algo que lhe dá esperança pode ter um impacto, explicou Wager.

O artigo acima é apenas para fins informativos e não se destina a substituir o conselho médico profissional. Sempre procure a orientação de seu médico ou outro profissional de saúde qualificado para qualquer dúvida que possa ter sobre sua saúde ou condição médica.