Retrocesso em um sári: como a ginasta viral Parul Arora está quebrando estereótipos

'Já fiz muitos vídeos no sari. Em seguida, gostaria de experimentar uma lehenga ', diz o medalhista de ouro de 24 anos

A ginasta de 24 anos e personal trainer da FITTR se tornou uma sensação da noite para o dia. (Foto: Parul Arora / Instagram, desenhado por Gargi Singh)

Durante o bloqueio nacional, um vídeo de uma mulher dando cambalhotas em um colchão se tornou viral. Porque? Ela estava fazendo acrobacias com um sári! Capturado em formato de câmera lenta, o vídeo fez dela uma sensação da noite para o dia; acumulou um milhão de curtidas e inúmeras ações. A ginasta Parul Arora tornou-se imparável.



Avançando para janeiro de 2021, outro vídeo dela está sendo amplamente compartilhado nas redes sociais. Nele, ela é vista em um sari roxo e uma blusa enfeitada, exibindo a glória e encantando seus 140 mil seguidores. Em conversa com indianexpress.com , a ginasta de 24 anos fala sobre por que escolheu fazer suas acrobacias com um sári, seus planos para o futuro e como ela continua a ser relevante em um espaço em constante evolução.

Trechos:



Quando você começou a ginástica e sempre fez parte do seu plano?



Graças ao meu pai, fui apresentada à ginástica desde muito cedo. Eu me lembro, quando eu tinha sete anos, ele me levou ao estádio, e lá eu presenciei o aparato da ginástica e várias crianças se apresentando. Assisti-los foi emocionante para mim e foi quando comecei a treinar.

Você queria enviar uma mensagem por usar um sari e realizar as acrobacias?

Essas acrobacias tiveram como objetivo destacar que as pessoas estão constantemente julgando as outras com base no que vestem, especialmente no caso das mulheres. Queria quebrar esses estereótipos e destacar que as roupas não importam e definir quem somos.



Além disso, fazer ginástica vai além de tentar quebrar essas noções - para mim, também ésobre fitness. Eu queria mostrar à comunidade que qualquer pessoa pode alcançar qualquer coisa com a abordagem certa, orientação e trabalho árduo. Em outras palavras, as possibilidades são infinitas.

Veja esta postagem no Instagram

Uma postagem compartilhada por Parul_Arora (@parul_cutearora)

Quanto tempo você demorou para aperfeiçoar as acrobacias do sari?

Como sou ginasta há 15 anos, realizar as acrobacias não foi um grande desafio. No entanto, existem alguns elementos importantes, como correr com velocidade, o que era um pouco difícil com o sári. Eu tropecei algumas vezes, pois o sári entrou entre minhas pernas. Não sofri nenhuma lesão e consegui encontrar o caminho para realizá-lo com facilidade.



Além de saris, com qual outro traje você gostaria de experimentar?

Eu gostaria de tentar algo novo. Já fiz muitos vídeos de sari e vestidos. A seguir, gostaria de experimentar uma lehenga. Além disso, estou trabalhando para explorar conceitos mais interessantesque pode criar um impacto significativo e também inspirar as pessoas.

Veja esta postagem no Instagram

Uma postagem compartilhada por Parul_Arora (@parul_cutearora)

Como surgiu a ideia de se apresentar com um sári? Você também pode compartilhar algumas dicas sobre como acertar?



Foi um dos meus amigos, Hoshiyar Singh, que me ajudou com essa ideia. Pensamos nos estereótipos em torno das roupas femininas, bem como nos desafios em relação ao manejo de um sári, e criamos os vídeos.

A única dica que gostaria de dar é que essas acrobacias só devem ser tentadas após atingir algum nível de treinamento e sempre sob a orientação de um especialista para evitar lesões.

Todo mundo sabe que você é ginasta, tem alguma outra profissão que você segue?

Sim, além de ginasta, sou treinador pessoal de treino da FITTR. Minha área de especialização inclui força e condicionamento. Por ser ginasta, o fitness é uma das minhas paixões e decidi continuar treinando devido à sua filosofia de democratizar o fitness e compartilhar o conhecimento com o maior número de pessoas possível. Mas, acima de tudo, me permite seguir minha paixão como carreira. Estou mais do que animado para ver aonde essa jornada me levará.

o que é uma nogueira
Veja esta postagem no Instagram

Uma postagem compartilhada por Parul_Arora (@parul_cutearora)

Como foi o bloqueio para você e quais são seus planos para o futuro?

Durante o bloqueio, tive tempo de pensar sobre o impacto que desejo causar no conteúdo que estou produzindo. Também me permitiu aprimorar minhas habilidades e trabalhar o conteúdo de uma maneira mais estruturada. No início, não tive tempo suficiente para trabalhar em conceitos tão interessantes, pois o fim de semana - precisamente o domingo - era o único tempo disponível.

Para o futuro, pretendo trabalhar para abrir minha academia e treinar uma nova geração de ginastas. Além disso, como treinador de PT, quero ajudar as pessoas a atingirem seus objetivos de condicionamento físico e continuar meu trabalho em torno do desenvolvimento de vídeos interessantes para inspirar as pessoas.